o que você procura?
  • LIVRO_REVISTA-ESPIRITA-1862
  • LIVRO_REVISTA-ESPIRITA-VERSO

Revista Espírita - 1862 - Ano V

  • Título: Revista Espírita - 1862 - Ano V - Jornal de Estudos Psicológicos
  • Autor: Allan Kardec 
  • Tradutor: Julio Abreu Filho
  • Páginas: 500
  • Idioma: Português 
  • Editora: EDICEL
  • ISBN: 9788592793067
  • Peso: 0,520 Kg
  • Dimensões: 14,00 x 21,00 X 3,00 cm
  • Capa: Simples

DE: R$ 35,00

POR: R$ 26,25

Em 3 X de R$ 8,75 no Cartão de Crédito.

COMPRAR

Descrição

SAIBA MAIS SOBRE ESTE PRODUTO

RESUMO REVISTA ESPÍRITA:

O relato das manifestações materiais ou inteligentes dos Espíritos, aparições, evocações, etc., bem como todas as notícias relativas ao Espiritismo. – O ensino dos Espíritos sobre as coisas do mundo visível e do invisível; sobre as ciências, a moral, a imortalidade da alma, a natureza do homem e o seu futuro. – A história do Espiritismo na Antigüidade; suas relações com o magnetismo e com o sonambulismo; a explicação das lendas e das crenças populares e da mitologia de todos os povos.

Todo efeito tem uma causa. Todo efeito inteligente tem uma causa inteligente. O poder da causa inteligente está na razão da grandeza do efeito. 

SOBRE ALLAN KARDEC:

Integridade é qualidade do que é íntegro; de uma probidade absoluta; honesto, incorruptível, imparcial. O homem íntegro não está dividido em si mesmo, e não há nele nenhuma distância entre o pensar, o sentir e o agir, porque ele é uno. O homem íntegro não disputa, pois a sua parte mais importante, que é o espírito, comanda as paixões e as submete à razão e ao bom senso; ele não se agasta com as provocações que lhe chegam do exterior, por que é guiado pela própria consciência, sempre reta.  A mansuetude que caracteriza o viver de um homem íntegro, é poderosa força de atração, de convencimento. Foi a integridade de Allan Kardec que fez acreditadas as suas obras.

ALLAN KARDEC (Hyppolite-Léon-Denizard Rivail). Fundador da doutrina chamada espírita, nascido em Lyon em 3 de outubro de 1804, oriundo de Bourg en Bresse, departamento do Ain. Conquanto filho e neto de advogados, e de uma antiga família que se distinguiu na magistratura e no foro, não seguiu essa carreira; dedicou-se cedo ao estudo da ciência e da filosofia. Aluno de Pestalozzi, na Suíça, torna-se um dos discípulos eminentes deste célebre pedagogo, e um dos propagadores de seu sistema de educação, que exerceu grande influência na reforma dos estudos na França e Alemanha. Foi nesta escola que se desenvolveram as ideias que deviam colocá-lo mais tarde na classe dos homens de progresso e dos livres pensadores.